Fortalecendo-se

20 05 2010

A jornada da autoconhecimento e transformação interior requer alguns cuidados.

Imagine-se fazendo uma grande viagem, podemos fazer de muitas formas e provavelmente todas podem ser validas, mas nem sempre dão o mesmo resultado. Podemos pender para um excesso de zelo e cuidado no intuito de que chegarmos ao destino, mas a jornada não é chegar só ao destino, ela é muito mais que isto, é todo o processo da caminhada que se for superficial chegaremos a algum lugar, mas com certeza não a um lugar em que nossa alma aspira. Podemos também pendemos para o excesso de confiança e improvisação no intuito de aproveitarmos o máximo de cada experiência e de cada passo na jornada, mas podemos nos perder sem algumas referências necessárias e irmos parar em outro destino, diferente do que também nossa alma aspira.

Neste sentido precisamos também de um meio termo, termos alguns cuidados e darmos espaço também para alguma improvisação.

Fortalecer-se pode ser um cuidado. A jornada da autodescoberta necessita de força e estrutura, um corpo forte e saudável (dentro do possível), um ego bem estruturado, um equilíbrio energético e maturidade emocional.

Se desprezamos o corpo podemos ficar no meio do caminho e pagaremos um preço indigesto, se negamos o ego arriscamos nossa higidez mental e arriscamos a nos perder, se não nos cuidamos energeticamente não iremos muito longe, e por fim se negligenciamos as nossas emoções seremos consumidos pelas tormentas da jornada.

Nesta jornada precisamos dos pés firmes no chão, o corpo erguido, o olhar seguro e atento, os sentidos nas paisagens e o coração e mente voltados para o anseio da alma.

Anúncios